#1239

Vamos celebrar os Fungos!

Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Imagem da proposta

Em parceria com instituições públicas e privadas (Universidades, Centros de Investigação, Jardins Botânicos, Museus, Centros Ciência Viva, Associações Micológicas, Comunicação Social, etc.) propomos o lançamento do “Dia da Celebração dos Fungos”.
O objetivo é despertar o interesse dos cidadãos acerca dos Fungos, celebrando a sua importância na natureza e nas nossas vidas, através da promoção de uma série de eventos conjuntos a realizar num dia de novembro de cada ano.

É difícil exagerar ao tentar explicar a importância dos Fungos! Só para citar um exemplo, os fungos são os recicladores da natureza. Sem eles a vida na Terra seria insustentável. Mas os Fungos podem estar ameaçados. Tal como os animais e as plantas, os Fungos são vulneráveis à extinção em massa. Hoje em dia, a comunidade científica leva a sério esta possibilidade e trabalha para envolver os cidadãos na tarefa gigantesca de colocar os Fungos na agenda da conservação a nível mundial. Acontece que os Fungos têm má reputação. O grande público associa os Fungos aos bolores que mofam as nossas casas, apodrecem a nossa comida e causam doenças. No entanto, a esmagadora maioria dos milhões de espécies de Fungos que habitam o nosso planeta é benéfica ou inofensiva e apenas um número muito reduzido de espécies causa qualquer tipo de dano. Pelo contrário, os fungos são fonte de alimento e medicamentos, são os fermentadores que nos dão o pão, a cerveja e o vinho, são fonte de metabolitos para a indústria, promovem a saúde das árvores na floresta e das plantas nos terrenos agrícolas. É, portanto, imperativo despertar o interesse dos cidadãos por estes organismos e aumentar a consciência coletiva acerca da sua importância. Porque só se pensa em proteger o que conhecemos e apreciamos.

As instituições poderão associar-se ao "Dia da Celebração dos Fungos" de três formas distintas: i) Dinamizando eventos próprios, ii) Associando-se a outras instituições na dinamização de eventos ou iii) Patrocinando eventos de outras instituições. Uma equipa dedicada, constituída por cientistas e comunicadores de ciência, centralizará a informação e fará a promoção dos eventos. Para isso, será criada uma página de internet e serão abertas contas nas redes sociais. Será desenvolvida uma linha gráfica própria e produzidos materiais de divulgação (merchandising). Serão ainda produzidos recursos educativos adequados (e.g. protocolos experimentais, jogos didáticos ou vídeos curtos).

Esta iniciativa teve pré-figuração em Coimbra em 2017 e foi um sucesso! No dia 5 de novembro, cerca de 200 pessoas participaram nos eventos preparados para celebrar os Fungos na Universidade de Coimbra numa co-organização da Cátedra UNESCO em Biodiversidade e Conservação para o Desenvolvimento Sustentável e o Centre for Functional Ecology, com o apoio do Departamento de Ciências da Vida e do Jardim Botânico. As atividades oferecidas foram variadas: passeio micológico, consultório de identificação de cogumelos, mostra de produtores, oficina de fabrico de cerveja, workshop de gastronomia, atividades hands-on para famílias, oficinas para crianças e mini palestras científicas. No final, todos os participantes inquiridos manifestaram intenção de participar em novas edições e, o mais importante, disseram que o evento tinha aumentado o seu interesse acerca dos Fungos. Foi ainda possível inferir uma mudança efetiva da percepção do público acerca do papel dos Fungos na natureza e no nosso quotidiano: a percentagem de pessoas que associou os Fungos às palavras “decomposição” e “leveduras” praticamente duplicou após participação no evento.

Num mural que convidava à partilha informal de comentários, à pergunta “O que mais o surpreendeu hoje?” podia ler-se: “A maravilhosa e deslumbrante complexidade do reino Fungi”, “Os milhões de Fungos e a sua possível extinção”, “... o quanto estão presentes na nossa vida”. Missão cumprida.

À semelhança de uma iniciativa que decorre no Reino Unido há já vários anos (UK Fungus Day), a dinamização do “Dia da Celebração dos Fungos” em Portugal faz parte de um esforço centralizado no European Council for the Conservation of Fungi (ECCF), que co-presido, e tem por objetivo envolver os cidadãos no avanço decisivo do movimento de conservação dos Fungos a nível da Europa. Os Fungos representam uma fracção significativa da biodiversidade da Terra. Preservar esta diversidade, constitui, por si só, um passo decisivo no cumprimento das metas da Convenção para a Diversidade Biológica, ratificada por Portugal.

Proponentes da proposta
  • Susana C. Gonçalves
  • M. Teresa Gonçalves
  • Helena Freitas
  • António Carmo Gouveia
  • Miguel Ferreira
Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

  • Orçamento Previsto
    Entre 50.000€ e 300.000€
  • Âmbito da Proposta
    Nacional
  • Regiões onde aplicar
    Norte, Centro, Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo, Algarve, Região Autónoma dos Açores, Região Autónoma da Madeira
  • Links da proposta

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal