#1429

POP – Plataforma Os Professores

Educação, Desporto e Juventude

Educação, Desporto e Juventude

Imagem da proposta

A POP é uma plataforma online para a valorização e apoio aos professores em Portugal. Esta plataforma é um repto e uma proposta concreta ao Ministério da Educação. Quem é que não tem uma história para contar sobre um professor que tornou melhor a sua vida ou a vida de alguém? Como é que podemos garantir um maior apoio aos professores em Portugal? A POP – Plataforma Os Professores nasce destas duas questões e da vontade de termos um espaço de reconhecimento do valor e de suporte aos professores.

Uma plataforma de histórias e recursos
A POP é, por um lado, uma plataforma em que todos vamos poder contar e dar a conhecer histórias sobre o valor e o impacto positivo da ação dos professores nas nossas vidas. Há tantas histórias que precisam de ser contadas e partilhadas. Por outro lado, a POP é uma plataforma de apoio às lideranças e professores das escolas em Portugal, que disponibiliza conteúdos, ligações e ferramentas úteis.

Contextualização
Sabemos que a Educação e um sistema educativo de qualidade dependem de vários fatores, um deles é o bem-estar dos professores. De acordo com a Organização Internacional da Educação, os Governos devem colocar o bem-estar dos professores como “um tema político de primordial importância”, uma vez que quando os docentes “se sentem bem com eles próprios podem fazer uma diferença positiva no ensino dos seus alunos”. No entanto, são vários os estudos que nos dão conta do cansaço, da desmotivação e das condições precárias de muitos professores em Portugal. O estudo “Teaching and Learning International Survey” (TALIS), realizado em 2013, pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), revela que só 10% dos professores portugueses consideraram que a sua profissão era valorizada pela sociedade. Em 2016, o inquérito “As preocupações e motivações dos professores” revela que um terço dos 2910 professores inquiridos “preferia deixar de dar aulas num futuro próximo, em vez de continuar na escola, e 35% dos professores diziam-se exaustos, desiludidos, baralhados ou (mais residualmente) desesperados ou com outros sentimentos negativos quando lhes foi pedido para descreverem a sua relação com o trabalho”. Precisamos de uma Educação, de políticas, estratégias e ações educativas, que dêem resposta às necessidades e aos desafios concretos de hoje. Se os professores são determinantes na vida das nossas crianças e jovens, precisamos de reconhecer e dar visibilidade ao seu papel crucial e apoiá-los nos diferentes contextos educativos.

Qual o impacto do bem-estar dos professores para o Portugal?
Quando perguntamos aos professores quais as grandes motivações para a escolha desta profissão, a maioria afirma que são contribuir para o bom desenvolvimento e a aprendizagem dos seus alunos, ter impacto positivo na vida de cada um deles e formar cidadãos capazes de transformar a comunidade onde estão. Os professores são líderes e agentes de mudança na escola e na comunidade. Os professores são uma força motriz no desenvolvimento do nosso país. Quando apoiamos as lideranças educativas e os professores, investimos nos nossos jovens. Por isso, é importante recordar que o reconhecimento, a motivação e o suporte que damos aos professores, têm impacto na realização profissional destes e, inclusive, contribui para a melhoria das práticas educativas. Este impacto reflete-se no bem-estar das nossas crianças e jovens, no ambiente das escolas, nas famílias e, de uma forma mais alargada, na comunidade envolvente. Todos ganhamos.

Esta plataforma é, assim, uma forma de reconhecermos o valor dos professores e de pedirmos ao Governo um maior suporte aos professores e lideranças das escolas em Portugal. Queremos que os professores saibam que lhes damos valor, que confiamos neles e que podem contar com o nosso apoio para uma educação melhor para todos.

Prazo para a execução do projeto: 3 meses para a conceção e construção da plataforma, para a edição e recolha dos conteúdos.

Proponentes da proposta
  • Alexandra Ataíde
  • Filipa Pires de Almeida
  • Nuno Lopes
  • Hester Radstake
  • Paula Soares
  • Afonso Alberty
  • Joana Almeida
  • Sofia Athayde
  • Rita Arnaud
  • Sara Carvalho
  • Oksana Tymoshchuk
  • Cláudia Cardielos
  • Alexandra Rodrigues Pereira
  • Alexandra Monteiro
  • Susana Pires.
Educação, Desporto e Juventude

Educação, Desporto e Juventude

  • Orçamento Previsto
    Menos de 50.000€
  • Âmbito da Proposta
    Nacional
  • Regiões onde aplicar
    Norte, Centro, Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo, Algarve, Região Autónoma dos Açores, Região Autónoma da Madeira

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal