#890

CENTRO PORTUGAL FILM COMMISSION

Cultura

Cultura

Imagem da proposta

INTRODUÇÃO
A Centro Portugal Film Commission é uma organização sem fins lucrativos e autónoma, em relação a entidades públicas e privadas, que visa atrair produções audiovisuais para a Região Centro.
O principal objetivo deste tipo de organização, sem fins lucrativos, é o de gerar impactos económicos (diretos, indiretos e induzidos) na região onde atua, distribuindo pelas várias entidades os benefícios gerados pela sua atividade, designadamente: entidades públicas regionais e locais, empresas do setor, empresas de outros setores (hotelaria, serviços, bens de consumo, etc.), profissionais do setor audiovisual e, consequentemente, contribuir para a promoção turística da região.
O setor de produção audiovisual (filmes, séries de TV, telenovelas, documentários, vídeos de música, publicidade, etc.) tem verificado um grande incremento a nível mundial nos últimos anos. Se percebermos que por detrás de cada filme, de cada anúncio, de cada imagem, está o local onde o mesmo foi rodado, facilmente entendemos como este fator assume especial importância para este tipo de indústria.
De acordo com estes pressupostos, facilmente se constata que a Região Centro se enquadra de forma muito positiva em todos eles, não só porque Portugal é um país seguro, com um clima ameno e uma excelente exposição solar, mas também, porque a Região Centro dispõe de uma boa rede viária e ferroviária, de excelentes infraestruturas logísticas e fatores endógenos únicos a nível paisagístico, cultural, arquitetónico, históricos e turísticos, de forma abundante e diversificada.
À semelhança de outros setores, Portugal, também nesta área, sofre de alguns anos de atraso deixando passar ao lado um mercado de extrema importância, quer a nível económico, quer a nível cultural, tendo como consequência uma completa ausência do nosso País na rota das grandes produções internacionais de cinema.

FINALIDADE DA CENTRO PORTUGAL FILM COMMISSION
O surgimento da CPFC irá permitir, a médio prazo, superar as carências identificadas, recuperar o atraso nacional e regional já referido, contribuir para a economia da região e cumprir entre outros para os seguintes fins:
 Promover e divulgar a Região Centro;
 Criar condições organizacionais mais favoráveis para a produção cinematográfica;
 Diligenciar a captação de produções audiovisuais;
 Contribuir para a notoriedade da marca Centro de Portugal;
 Criar bases de dados com os recursos disponíveis em cada município;
 Apoiar todas a solicitações recebidas;
 Produzir relatórios estatísticos sobre a atividade.

MISSÃO
A missão da CPFC consiste na criação das condições adequadas para posicionar a Região Centro a nível mundial como uma região film friendly, alargando o portfólio da marca Centro de Portugal ao domínio do cinema, através da captação nacional e internacional de projetos cinematográficos e audiovisuais, gerando desse modo benefícios relevantes e significativos para os vários Municípios da Região Centro.

Proponentes da proposta
Bruno Manique
Francisco Dias
António Salvador
Mafalda Sá
Graça Monteiro

Proponentes da proposta
  • Bruno Marcelo Paquete de Oliveira Simões Manique
  • Francisco Dias
  • António Salvador
  • Mafalda Sá e Graça Monteiro
Cultura

Cultura

  • Orçamento Previsto
    Entre 50.000€ e 300.000€
  • Âmbito da Proposta
    Regional
  • Região onde aplicar
    Centro
  • Municípios onde aplicar

    Águeda, Albergaria-A-Velha, Anadia, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Mealhada, Murtosa, Oliveira Do Bairro, Ovar, Sever Do Vouga, Vagos, Belmonte, Castelo Branco, Covilhã, Fundão, Idanha-A-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-A-Nova, Sertã, Vila De Rei, Vila Velha De Ródão, Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-A-Nova, Figueira Da Foz, Góis, Lousã, Mira, Miranda Do Corvo, Montemor-O-Velho, Oliveira Do Hospital, Pampilhosa Da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua, Vila Nova De Poiares, Aguiar Da Beira, Almeida, Celorico Da Beira, Figueira De Castelo Rodrigo, Fornos De Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Mêda, Pinhel, Sabugal, Seia, Trancoso, Alcobaça, Alvaiázere, Ansião, Batalha, Bombarral, Caldas Da Rainha, Castanheira De Pêra, Figueiró Dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Nazaré, Óbidos, Pedrógão Grande, Peniche, Pombal, Porto De Mós, Alenquer, Arruda Dos Vinhos, Cadaval, Lourinhã, Sobral De Monte Agraço, Torres Vedras, Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira Do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas, Vila Nova Da Barquinha, Carregal Do Sal, Castro Daire, Mangualde, Mortágua, Nelas, Oliveira De Frades, Penalva Do Castelo, Santa Comba Dão, São Pedro Do Sul, Sátão, Tondela, Vila Nova De Paiva, Viseu, Vouzela

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal