#291

Laboratório de Processos Fotográficos Históricos, LPFH

Cultura

Cultura

Os Processos Fotográficos Históricos e alternativos aos processos fotográficos industriais em declínio e à Fotografia Digital, são emergentes, e cada vez mais procurados por muitos por força da sua maior expressão ou plasticidade, mas também são muito interessantes do ponto de vista pedagógico por serem transversais a várias áreas do conhecimento, como a física a química, a história ou as artes visuais e outras e por exigirem manualidade e outras competências do fazer e do aprender fazendo. 

Pretendemos por isso equipar um Laboratório especializado em Processos Fotograficos Históricos, para investigar esses processos, experimentando-os e descrevendo-os ao ponto de os tornar operacionais na contemporaneidade e tornando-os assim passíveis de ser integrados nos planos curriculares dos vários níveis de ensino, produzindo manuais adequados e preparando e facilitando acções de formação para professores nesses diferentes níveis de ensino.

Este Laboratório de Processos Fotográficos Históricos deverá também organizar residências artísticas onde os autores convidados ou por concurso, se comprometem a integrar nos seus projectos autorais, a desenvolver no contexto dessas Residências Artísticas, os Processos Fotograficos Históricos, produzindo assim novas Obras de Arte que irão incorporar esses processos históricos, tornando-os deste modo contemporâneos.

No contexto das industrias criativas, queremos promover o desenvolvimento de protótipos que venham a permitir a edição de "múltiplos" a partir de originais Fotográficos do século XIX, impressos em processos fotográficos de "Época". O controle de qualidade desta produção será efectuado pelo Laboratório, pelo que iremos procurar parceiros empresariais para a implementação da ideia: seja na produção, seja na comercialização.

Iremos também organizar um conjunto de oficinas e workshops temáticos para oferta ao público em geral e de "pacotes" especialmente concebidos para o Turismo Cultural, Turismo de Experiências e Turismo de Investigação ou Científico.

O desenvolvimento desta ideia irá proporcionar, para além da edição de manuais adequados a diferentes tipos de públicos e níveis de ensino, a montagem das exposições e edições de catálogos, resultantes das intervenções artísticas e irá também propor a realização de Encontro Científico Internacional, para debate desta realidade e do seu impacto no tecido cultural, educacional, artístico, turístico, económico e territorial.

Proponentes do projeto
  • António Martiniano Ventura
Cultura

Cultura

  • Orçamento
    200000 €
  • Âmbito da Projeto
    Nacional
  • Regiões onde aplicar
    Norte, Centro, Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo, Algarve, Região Autónoma dos Açores, Região Autónoma da Madeira
  • Prazo
    24 meses
  • Links do projeto

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal