#342

CÓDIGO MEMÓRIA

Cultura

Cultura

O QUE É?

CÓDIGO MEMÓRIA é um projecto artístico que associa a escrita, som e os meios digitais móveis (telemóvel e tablets), que reúne narrativas ficcionadas a partir das memórias das pessoas onde o projecto se vai implantar.
Este trabalho, inédito em Portugal, orientado para inovação e a criatividade, contribuindo para a integração da cultura artística no quotidiano da cidade, dos seus cidadãos e dos seus visitantes, teve o seu ponto de partida em Coimbra, com o Alta(s) Histórias Soltas, no âmbito da 20ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, sob o título Oh as casas, entre 5 a 28 de Abril, na zona da Alta de Coimbra.
Para este projecto foi desenvolvida uma aplicação - CÓDIGO MEMÓRIA - que permitirá ao público a leitura dos códigos QR colocados nas fachadas das diferentes casas, bem como o auxílio à geolocalização das mesmas na área de intervenção do projecto.

PORQUÊ?
Um dos objectivos é promover a mediação entre o público – local ou visitante –, o património imaterial – memórias individuais e colectivas – e o espaço urbano onde o projecto se implanta.
A implementação do projecto nos espaços urbanos será adaptada conforme as características sociais, culturais e urbanísticas de cada um. É nossa missão produzir uma experiência artística que seja o resultado de uma pesquisa in loco com o propósito de devolver e criar novas semânticas às realidades encontradas.
Além disso, evocamos neste trabalho o passeio literário urbano, cujos autores vão em busca de novas histórias e experiências (ex: A caminhada, Robert Walser; Cesário Verde O Sentimento de um Ocidental, Tentativa de esgotamento de um lugar parisiense de Georges Perec ou Rua de Sentido Único e Infância em Berlim por Volta de 1900, Walter Benjamin).

PARA QUEM?
Todas as pessoas que possuam um dispositivo móvel capaz de ler códigos QR.
Residentes ou não residentes. Visitantes e turistas – através da tradução e interpretação dos textos por actores nativos em Inglês, Francês e Espanhol.
É um projecto que pode ser aproveitado para um determinado sector turístico, como o turismo literário ou turismo alternativo.

Proponentes do projeto
  • Helder Wasterlain
  • João Fong
  • Adérito Araújo
  • Maria Manuel Almeida
  • Henrique Patrício
Cultura

Cultura

  • Orçamento
    30000 €
  • Âmbito do Projeto
    Regional
  • Região onde aplicar
    Centro
  • Municípios onde aplicar

    Ílhavo, Castelo Branco, Figueira Da Foz, Guarda, Torres Novas, Viseu

  • Prazo
    18 meses
  • Links do projeto

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal