#352

A Pulga na Orelha

Ambiente, Ordenamento do Território, Conservação da Natureza e Habitação

Ambiente, Ordenamento do Território, Conservação da Natureza e Habitação

Imagem do projeto

Conhecer para preservar! É este o lema.
Pretende-se com “A Pulga na Orelha” criar nas crianças, através de histórias ilustradas online, o conhecimento e o gosto pela preservação da fauna e da flora autóctones do nosso país, a partir de todos os concelhos do Alentejo.
É impossível preservar sem se saber o que preservar. É neste sentido que surge este projeto, pretendendo-se dar a conhecer de forma lúdica as características, os comportamentos, a alimentação, a reprodução, os habitats, bem como os perigos a que estão sujeitas algumas das espécies mais significativas da nossa fauna e também da nossa flora.
O projeto terá a duração de 20 meses e prevê a elaboração de 18 histórias (1 por mês durante o calendário).

Proponentes do projeto
  • Manuel Joaquim Salgado Canha Ferreira
Ambiente, Ordenamento do Território, Conservação da Natureza e Habitação

Ambiente, Ordenamento do Território, Conservação da Natureza e Habitação

  • Orçamento
    65000 €
  • Âmbito do Projeto
    Regional
  • Região onde aplicar
    Alentejo
  • Municípios onde aplicar

    Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Barrancos, Beja, Castro Verde, Cuba, Ferreira Do Alentejo, Mértola, Moura, Odemira, Ourique, Serpa, Vidigueira, Alandroal, Arraiolos, Borba, Estremoz, Évora, Montemor-O-Novo, Mora, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos De Monsaraz, Vendas Novas, Viana Do Alentejo, Vila Viçosa, Alter Do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo De Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Marvão, Monforte, Nisa, Ponte De Sor, Portalegre, Sousel, Alcácer Do Sal, Grândola, Santiago Do Cacém, Sines

  • Prazo
    20 meses
  • Links do projeto

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal