#477

CIENTISTAS DE HOJE E AMANHÃ: EXPLORAR A BIODIVERSIDADE URBANA NO PÁTIO DAS ESCOLAS

Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Imagem do projeto

Com esta proposta pretende-se desenvolver um projeto científico e educacional para estudar a biodiversidade urbana, usando os espaços verdes no pátio das escolas como locais de monitorização e investigação ecológica de longo-prazo. Este projeto irá promover o conhecimento na área das ciências, demonstrando a importância dos indicadores ecológicos para a compreensão da qualidade ambiental e dos fatores promotores de alterações ambientais e da participação de estudantes e professores enquanto agentes de monitorização (ciência cidadã). Para além disso pretende aproveitar as novas tecnologias para aquisição, processamento e análise de dados de biodiversidade, contribuindo também para a sua divulgação à sociedade no geral. Será direcionado para os ensinos básico e secundário, complementando os conteúdos lecionados nas disciplinas da área das ciências, mas também poderá ser aplicado a outras disciplinas (e.g. Tecnologias de Informação e Comunicação, História, Línguas, Educação Artística, etc.). Como objetivos finais pretende-se promover a literacia ecológica e científica dos alunos e avaliar os serviços dos ecossistemas em ambiente urbano.
O seu desenvolvimento e implementação deverão ser assegurados por uma equipa de investigação com experiência em projetos científicos e com conhecimentos nomeadamente em: ecologia urbana, infraestruturas verdes, serviços dos ecossistemas, ciência cidadã, divulgação de ciência e educação ambiental para público em idade escolar. No sentido de promover uma ciência aberta deverá ser estabelecida uma colaboração com uma plataforma online (como o Projeto Biodiversity4All) onde os registos da biodiversidade possam ser inseridos, partilhando assim o conhecimento entre a comunidade científica, a comunidade escolar e a sociedade civil em geral.
Relativamente ao impacto territorial da proposta, sugere-se iniciar este projeto pelas escolas dos municípios de Lisboa, Almada e Oeiras, onde já existem alguns trabalhos e protocolos estabelecidos com as autarquias nas áreas mais relevantes para esta proposta e cujos conhecimentos adquiridos poderão ser posteriormente interligados com os resultados obtidos neste projeto. Porém, não se excluiu a sua aplicação a outros municípios, da Área Metropolitana de Lisboa, onde as escolas tenham interesse em colaborar. O prazo previsto para a sua execução é de 24 meses.

Proponentes do projeto
  • Raquel Mendes
  • Ana Catarina Luz
  • Cristiana Aleixo
  • Cristina Branquinho
  • Inês Teixeira do Rosário
  • Margarida Santos-Reis
  • Otília Correia
  • Patrícia Tiago
  • Paula Gonçalves
  • Pedro Pinho
Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

  • Orçamento
    50000 €
  • Âmbito do Projeto
    Regional
  • Região onde aplicar
    Área Metropolitana de Lisboa
  • Municípios onde aplicar

    Lisboa, Oeiras, Almada

  • Prazo
    24 meses
  • Links do projeto

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal