#55

Diferentes, Não Desiguais

Igualdade e Cidadania

Igualdade e Cidadania

Imagem do projeto

No âmbito da promoção de uma sociedade com valores, princípios, oportunidades, direitos e deveres que conferem uma igualdade entre homens e mulheres, a ONU realça, através da criação do objetivo nº 5 no seu programa “Agenda 2030 – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, a importância de desenvolver uma sociedade igualitária, empoderando as mulheres nesse mesmo sentido.
Na mesma linha de orientação, “o XXI Governo Constitucional reconhece a igualdade e a não discriminação como condição para a construção de um futuro sustentável para Portugal” (Resolução do Conselho de Ministros, 2018). Neste sentido, emerge a necessidade de garantir uma educação livre de estereótipos de género, enfatizando, desse modo, a relevância da sensibilização para a igualdade de género junto do público mais jovem.
Com o objetivo de ir ao encontro da política da ONU e da sua Agenda 2030, Portugal elaborou a Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação (ENIND) – Portugal + Igual (2018/2030), a qual contempla três Planos Nacionais de Ação, sendo um deles o Plano Nacional de Ação para a Igualdade entre Mulheres e Homens (PNAIMH).
Tendo em consideração o terceiro Objetivo Estratégico do PNAIMH (2018/2021), que visa “garantir uma educação livre de estereótipos de género”, e, ainda, a Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania (ENEC), onde a Igualdade de Género é uma das temáticas referenciadas como domínio fulcral de trabalho com os jovens, pretendemos com este projeto:
- sensibilizar os jovens para a importância de uma sociedade verdadeiramente livre de estereótipos de género, promovendo, através de diversas sessões levadas a , nomeadamente nas escolas secundárias dos municípios do Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia (os três municípios com mais densidade populacional na Área Metropolitana do Porto), não só alterações atitudinais e comportamentais como também a consolidação das mesmas, onde se trabalhará e potencializará o espírito crítico dos jovens sobre a temática da igualdade de género.
Acreditamos que, deste modo, estaremos a contribuir para uma sociedade mais tolerante, mais igualitária e, assim sendo, inevitavelmente mais justa.

Proponentes do projeto
  • Ana Durão
  • Cátia Lopes
  • Diogo Durão
  • Marta Nogueira
Igualdade e Cidadania

Igualdade e Cidadania

  • Orçamento
    80000 €
  • Âmbito do Projeto
    Regional
  • Região onde aplicar
    Norte
  • Municípios onde aplicar

    Matosinhos, Porto, Vila Nova De Gaia

  • Prazo
    12 meses

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal