#678

Combate ao Lixo Marinho - Ria Formosa

Ambiente, Ordenamento do Território, Conservação da Natureza e Habitação

Ambiente, Ordenamento do Território, Conservação da Natureza e Habitação

A Ria Formosa é uma imensa laguna, que se estende pelos concelhos de Loulé, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António, abrangendo uma área de cerca de 18.400 hectares ao longo de 60 km. Trata-se de uma área protegida pelo estatuto de Parque Natural, atribuído pelo Decreto-lei 373/87. Foi considerado um dos mais belos parques do Algarve, tendo uma grande função e um belo habitat.
O seu fundo é constituído essencialmente por sedimentos lagunares (matéria orgânica, vasa salgada), sedimentos Continentais (oriundos do transporte pelas ribeiras e escorrência das águas das chuvas) e sedimentos arenosos ( provenientes das correntes de maré, sobretudo nas barras, galgamentos e ventos). Mas, no meio de cardumes de peixes, varias espécies de bivalves, cavalos-marinhos e outras espécies marinhas infelizmente, não é difícil encontrar lixo deixado no mar, que é uma ameaça a toda a vida marinha.
A proposta visa em recolher, fotografar e catalogar, nas principais áreas de acumulação de resíduos existentes no fundo da ria. O conhecimento obtido será utilizado para ações de sensibilização de divulgação e sensibilização junto de todos os utilizadores da Ria Formosa e do público em geral.

Proponentes do projeto
  • Sílvia Padinha
Ambiente, Ordenamento do Território, Conservação da Natureza e Habitação

Ambiente, Ordenamento do Território, Conservação da Natureza e Habitação

  • Orçamento
    300000 €
  • Âmbito do Projeto
    Regional
  • Região onde aplicar
    Algarve
  • Municípios onde aplicar

    Faro, Loulé, Olhão, Tavira, Vila Real De Santo António

  • Prazo
    24 meses

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal