#689

Registo de Atropelamentos da Fauna Selvagem

Transportes e Comunicações

Transportes e Comunicações

Imagem do projeto

Todos os anos morrem nas estradas portuguesas animais selvagens de inúmeras espécies, uma realidade infelizmente comum e frequentemente testemunhada.
O sistema de monitorização nacional implementado pela Infraestruturas de Portugal, S. A. não é de todo suficiente para uma caracterização e acção de resposta adequadas a este problema. Existem diversos ‘pontos negros’ conhecidos pelo atropelamento frequente e regular de espécies que não constam nessa monitorização nacional. Os cidadãos que utilizam regularmente as estradas nacionais observam com frequência animais atropelados, sem que essa fonte de informação seja aproveitada.
Esta proposta tem como objectivo a criação, divulgação e desenvolvimento de uma plataforma para a inserção, pelos cidadãos, das ocorrências de atropelamentos de animais selvagens. Esta plataforma terá, para além de um sítio na internet, uma aplicação móvel para smartphones.
Esta ferramenta possibilitará o registo e localização dos animais selvagens atropelados nas estradas portuguesas, em território continental, de modo a:
- Permitir um registo mais fiável da mortalidade de animais selvagens na globalidade das vias rodoviárias;
- Identificar as estradas ou troços rodoviários com maior mortalidade;
- Identificar as espécies mais afectadas, áreas e períodos de maior ocorrência;
- Disponibilizar os dados recolhidos para consulta de qualquer cidadão.

Através da informação recolhida e da sua análise será possível adoptar medidas para a prevenção da mortalidade e protecção da biodiversidade, e promover a educação e sensibilização ambiental.

Proponentes do projeto
  • Joana Isabel Pereira de Andrade e Morais
Transportes e Comunicações

Transportes e Comunicações

  • Orçamento
    250000 €
  • Âmbito do Projeto
    Nacional
  • Regiões onde aplicar
    Norte, Centro, Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo, Algarve
  • Prazo
    24 meses

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal