#850

ALV B'SÉNIOR

Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

A presente proposta pretende envolver as comunidades das Universidades Seniores da Região Autónoma dos Açores, em cursos b-learning, que incluirão as disciplinas de Envelhecimento Ativo e de Cidadania, com opção de escolha dos participantes frequentarem uma ou duas disciplinas, em contextos híbridos, quer seja em ambientes presenciais, quer seja em ambientes digitais.
A disciplina de Envelhecimento Ativo, terá a duração de 50 horas (2 horas/semana), que incluirá as temáticas - envelhecimento activo; actividade física e mental; cuidados básicos na alimentação - cujo objetivo principal visa proporcionar a aquisição de conhecimentos sobre temas multidimensionais associadas à autopromoção de um envelhecimento saudável, bem-estar físico e mental.
A disciplina de Cidadania, por sua vez, terá a duração de 50 horas (2 horas/semana), que incluirá as temáticas - direitos internacionais, legislação nacional para seniores e contextos de ativação jurídica - cujo objetivo principal visa essencialmente proporcionar a aquisição de conhecimentos sobre problemáticas e contextos de ativação com aplicabilidade jurídica no quotidiano da população sénior.
Funcionamento: O desenvolvimento destes cursos, pressupõe interações presenciais intercalares entre professores e alunos das Universidades Seniores da Região Autónoma dos Açores, conducentes à sua plena integração e/ou motivação e, posterior, acompanhamento de aprendizagem a distância (e-learning), suportados através de uma plataforma digital Moodle.
Por conseguinte, e tomando em consideração o evidente aumento da esperança média de vida na região, torna-se, portanto, determinante promover uma Aprendizagem ao Longo da Vida (ALV), com conteúdos significativos para a população sénior da região.
Neste sentido, propõe-se uma metodologia com abordagem multidisciplinar, que contempla a gerontologia, a andragogia e o ensino a distância, centradas num contexto formativo b-learning, onde se pretende que os conteúdos a adquirir sejam ajustados às necessidades dos seniores na otimização do seu próprio processo de envelhecimento ativo, à sua consciencialização de direitos e deveres, através das suas competências digitais, estando estes inseridos em Universidades Seniores.
Assim, e perante o evidente alargamento da atual sociedade digital, torna-se fundamental promover a inclusão digital dos seniores, favorecendo igualmente, a condução do seu próprio processo de ajustamento ao seu ciclo de vida, capacitando-os para o confronto de novos desafios, possibilitando assim, a vivência de um envelhecimento ativo, digno e positivo.

Proponentes do projeto
  • Sandro Jorge
Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

  • Orçamento
    50000 €
  • Âmbito da Projeto
    Regional
  • Região onde aplicar
    Região Autónoma dos Açores
  • Municípios onde aplicar

    Ponta Delgada, Ribeira Grande, Horta, Madalena, Angra Do Heroísmo, Praia Da Vitória

  • Prazo
    24 meses

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal