#854

Menos Lixo no Mar

Mar

Mar

Imagem do projeto

Sabemos que cerca de 80% do lixo que existe no mar é produzido em terra, e que este é um
problema global. Cada um de nós, muitas vezes sem consciência, contribui para agravar o
problema a cada dia que passa. Uma cotonete deitada na sanita ou uma ponta de chapéu-de- sol
deixada perdida enterrada na praia irão ficar no mar por dezenas ou centenas de anos.
Com pouco menos de três milhões de habitantes, a Área Metropolitana de Lisboa é a mais
populosa do país e, por este motivo, a que potencialmente produz mais lixo que irá acabar no mar.
Conscientes de que a procura de soluções para este problema tem de ser integrada, e envolver
múltiplos atores, decidimos, através da oportunidade que Orçamento Participativo Portugal nos
fornece, propor uma campanha de sensibilização para o problema do lixo marinho que parta da
sociedade civil, em todos os Concelho litorais da Área Metropolitana de Lisboa, que possa mais
tarde servir de exemplo replicável para todo o país.
Propomos assim que se realize uma grande campanha de comunicação do problema do lixo
marinho com uma imagem própria e impactante, capaz de ajudar a mudar comportamentos.
Propomos um concurso de ideias que sejam materializadas em instrumentos de comunicação
(cartazes, outdoors, vídeos, etc.), sobre esta temática, desafiando assim os municípios litorais da
Área Metropolitana de Lisboa a associarem-se numa imagem comum que reflicta uma estratégia
integrada.
Estamos certos de que com o seu voto poderemos ajudar a que passemos a ter menos lixo no mar,
contribuindo para um futuro mais próspero para todos os que usufruem do mar, que nos diz tanto
enquanto Portugueses.

Proponentes do projeto
  • Marta Filipa Malheiro Martins
  • Cláudia Moreira Nunes Alves Meirinhos
  • Inês Fernandes Moura Fontes
Mar

Mar

  • Orçamento
    150000 €
  • Âmbito do Projeto
    Regional
  • Região onde aplicar
    Área Metropolitana de Lisboa
  • Municípios onde aplicar

    Cascais, Mafra, Oeiras, Sintra, Almada, Sesimbra, Setúbal

  • Prazo
    24 meses
  • Links do projeto

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal