#856

Energia Renovável para Todos

Economia, Comércio, Industria, Turismo e Energia

Economia, Comércio, Industria, Turismo e Energia

Imagem do projeto

A fonte de energia tem estado na origem das maiores guerras e dos maiores acidentes ambientais. Todos concordamos pois, que é urgente mudar das energias fósseis do petróleo e do gás responsáveis por essas ameaças para energias renováveis que resolvam a degradação ambiental e também os conflitos causados pela dependência energética de monopolios de privados. Assim propoe-se um programa de incentivo ao investimento de pessoas singulares na produção da sua própria energia particular. Esse programa assenta em três medidas: 1 - Campanha de incentivo ao investimento de cidadãos e micro empresas na produção da sua própria energia, de forma a que a sua factura de energia se mantenha igual à sua média anual actual. Deste modo os cidadãos beneficiam da redução do custo da sua energia num prazo máximo de dez anos e contribuem para a diminuição da dependencia energética do seu País e participam na eliminação da ameaça da exploração de petróleo e gás no País que afectaria o Turismo e todas as actividades associadas. 2 - Incentivos na forma de subsidios e financiamentos de forma a manter os custos actuais, conforme a disponibilidade financeira caso a caso. Sorteios de entradas em eventos publicos, ou outros sorteiros em parceria com produtores de soluções renováveis, entre os cidadãos aderentes. Parcerias com autarquias para apoios e soluções integradas de menor impacto visual. Ponto 3 - Sitio com directorio online de soluções, informação, opções, registo de experiências, esclarecimento de dúvidas, simulador para a solução ideal, candidaturas a apoios e demais esclarecimentos caso a caso. Orçamento: 200.000€ Prazo de concretização: 20 meses

Proponentes do projeto
  • rosalia maria cruz henriques
Economia, Comércio, Industria, Turismo e Energia

Economia, Comércio, Industria, Turismo e Energia

  • Orçamento
    200000 €
  • Âmbito do Projeto
    Nacional
  • Regiões onde aplicar
    Centro, Algarve
  • Prazo
    20 meses

Mais informações sobre o Orçamento Participativo Portugal